Dicionário de Termos na Umbanda

Um pequeno dicionário, com termos em Yorubá, utilizados no dia-a-dia das religiões de matriz africana, acrescentado de alguns em nossa língua, além de alguns “dialetos regionais”.

Acrescente os que conhece e não viu aqui, enviando-os para o nosso e-Mail, através do “Fale Conosco”.


Cabaça

Fruto do cabaceiro (Cucurbita lagenaria L., ou Lagenaria vulgaris –cucurbitácea, e outras espécies). Sua carcaça é freqüentemente utilizada nos cultos afro-brasileiros como utensílio, instrumento musical" insígnia de òriìsà ou mesmo para representar a união de Obàtálá e Odùduwà (o Céu e a Terra).

CABOCLOS

Espíritos ancestrais cultuados nos candomblés-de-angola, de caboclos e na umbanda. São representados, geralmente, como índios do Brasil ou de terreiros da África mítica.

CAMARINHA
CANDOMBLÉS

Designação genérica dos cultos afro-brasileiros. Costumam, no entanto, distinguir-se pelas suas designações regionais: candomblés (leste-setentrional, especialmente Bahia), xangôs (nordeste-oriental, especialmente Pernambuco), tambores (nordeste ocidental, especialmente São Luís do Maranhão), candomblés-de-caboclo (faixa litorânea, da Bahia ao Maranhão), catimbós (Nordeste), batuques ou parás (região meridional, Rio Grande do Sul,,Santa Catarina e Paraná), batuques e babaçuês (região setentrional, Amazonas, Pará e Maranhão), macumba (Rio de Janeiro e São Paulo).

CANDOMBLÉS-DE-CABOCLO

vd. Caboclo. vd. Candomblés.

CASA-DE-SANTO

Designação do espaço circunscrito que constitui a sede de um grupo de culto. Costuma chamar-se também de ilé (kétu), roga e terreiro (angola) e, em alguns casos, barracão. Este ultimo termo serve também para designar o recinto onde ocorrem as festas públicas.

CATIMBO

vd. Candomblés.

CAURIS
CAXIXI

Chocalho de cabaça e de vime trançado, contendo sementes ou seixos. Em alguns casos, vasilhames rituais em miniatura.

CESTO-DA-CRIAÇÃO

O saco-de-existência (àpò aiyé), que, na cosmologia do povo-de-santo, Olódùmarè deu a Obàtálá para que criasse o mundo a flor das águas primordiais. Foi, no entanto, Odùduwà quem verteu o seu conteúdo sobre a superfície das águas.

CONGO
CONTRA-EGUN

Trança de palha-da-costa que os neófitos trazem amarrada nos dois braços, logo abaixo do ombro, com a finalidade de afastar os espíritos dos mortos.

HORA CERTA

ENCONTRAR NO SITE

SOBRE MIM...

Ogan Basílio D'Xangô

Advogado, umbandista, defensor das causas do povo de santo.

SIGA-NOS NAS REDES...

IV PRÊMIO ÀSÉ - ISESE 2018